quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Desabafos...

É pra isso q serve esse blog...

Estou me mostrando profundamente infantil, criar um blog e ficar escrevendo coisas que ninguém quer saber ninguém sabe quem sou, nem faz questão. A pessoa que devia ler meus “desabafos”, nem sequer sabe que tenho motivos para desabafar, ele nunca deu motivos...
Mas a verdade é que nunca pude me sentir tão mal...
A vida castiga da pior forma, e quando a gente acha que não poderia ficar pior, ela se encarrega de te mostrar que você é uma criança tola, que nada sabe dos mistérios que a envolvem.
Eu tenho mil razões pra sorrir, e umas pouquíssimas pra chorar... E a mistura de ambas se chocam aqui dentro e me sufocam....Eu tenho um sorriso no rosto e uma alma que chora desesperadamente, eu posso ouvir meus gritos bem aqui dentro.
Eu me agarrei a uma ilusão, e mais outra, e mais outra... e assim incessantemente fui me iludindo...Tenho uma montanha de ilusões e lá em cima estou eu... A montanha se balança com o temporal, e eu estou prestes a cair. Talvez eu morra enfim, ou me machuque, fazendo com que sofra mais ainda, e a espera pela melhora será a base da minha nova montanha, e mais ilusões.
O mundo exige muito, quer provas, quer detalhes, quer os restos do que sobrar de você, a vida te humilha todos os dias, mas se sinta feliz ela te eleva também, mas saiba, pra te exaltar, rebaixou alguém, ou muitos.
Somos todos humanos, e somos mais que qualquer coisa carnais... Ahhhh! Prazeres, delícias. Carpe Diem!... Você vai pagar um dia, razão, nunca usas a razão... Emoção não é amor, é desejo, o obedeça e verás.
Um dia caio enfim de minha montanha, e alguém suficientemente humano talvez me ajude a, com os destroços, me reerguer, não com ilusões, mas com certezas... A vida encantada é doce, mas é falsa. Nesse estágio já não me preocuparei com exaltações, vou apenas resignar-me, a uma vida calma.

Nenhum comentário:

dez_interessantes

About Author