sexta-feira, 12 de agosto de 2011

12 de agosto



Tem muito tempo que não passo por aqui, e também, não devia passar hoje! Não vai ganhar absolutamente nada quem me ler hoje, esse post é totalmente inútil. Estou passando o tempo em uma lan house, não porque eu tenho tempo para queimar assim, com nada... mas, eu devia estar em casa arrumando a pilha de bagunças que deixei, sozinha é sempre mais dificil, me mudei essa semana, ainda não deu tempo de colocar as coisas em órdem. Já me mudei 4 vezes aqui em Catalão e por essas e outras coisas acredito que eu sou uma daquelas pessoas... como posso dizer... "inconvivíveis" kkk... não é tão irônico quanto trágico! Estou trabalhando e para falar a verdade, não achei que um emprego tão símples me venceria tão fácil. Na faculdade, as coisas nunca saem como eu espero, às vezes acho que eu já nem quero tanto assim! Como quem leu pôde perceber, tem algumas coisas nada ajustadas na minha vida! E eu sou a única pessoa capaz de ajustá-las! Mas querem saber, não sei o que seria de mim se fosse diferente, quem seria eu? Talvez os raros que me admiram por qualquer coisa, não tivessem o que admirar, ou teriam mais, não dá pra saber... O fato é que não gostaria que fosse diferente, com tudo que passo, sou satisfeita, é o que me constitui, e me faz ser querida ou não, nada mais verdade que a frase " cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é!"

Bom, uma noticia me chamou atenção, sempre quiz saber sobre numerologia, sei que posso estar completamente errada ao associar uma fato de coincidencia como um numerológico, mas enfím, mais uma peculiaridade minha, a falibilidade...uma noticia de hoje, dia 12 de uma juiza que foi morta noite passada constava em uma lista de "marcados para morrer" uma lista de 12 pessoas, hoje é dia 12... Bom, vamos esquecer essa falha, e leiam sobre, com certeza há coisas mais importantes na noticia, tem muita coisa acontecendo no mundo, mas parece que mesmo estando nele e ele querendo que eu conheça por várias módias, sinto que estou criando um mundo só meu, onde o que mais me afeta não é a pré falência da bolsa, ou as novas tecnologias/avanços científicos, nem mesmo os acontecimentos dos campus, ou da cidade (que estão mais proximos de mim), o que mais me afeta são coisas miúdas que não deviam incomodar, são feridas pequenas que unfeccionam e ficam em carne viva, é... não vou exagerar, mas é como me parece, é como tudo se apresenta. Queria tanto contar sobre coisas legais mas acho que eu devo ter uma especie de imã captador para coisas não tão boas, de modo que as boas até são atraídas mas as ruins, por maior aderência à minha superfície, se fixam com mais intensidade, eu prometo ( a mim mesma, pois não sei se tem alguem que lê isso) que meu proximo post vai ser mais proveitoso!

Meu tempo se esgotou, para não fugir do nímero, vou indicar uma breve leitura, nada tão antigo fala de coisas tão atuais quanto esse livro... A Bíblia, a quem interessar, é sempre boa a leitura!

dia 12...
Salmos 12 [Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Seminite] Salva-nos, SENHOR, porque faltam os homens bons; porque são poucos os fiéis entre os filhos dos homens.

Cada um fala com falsidade ao seu próximo; falam com lábios lisonjeiros e coração dobrado.

Pois dizem: Com a nossa língua prevaleceremos; são nossos os lábios; quem é senhor sobre nós?

Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o SENHOR; porei a salvo aquele para quem eles assopram.

As palavras do SENHOR são palavras puras, como prata refinada em fornalha de barro, purificada sete vezes.

Tu os guardarás, SENHOR; desta geração os livrarás para sempre.
Os ímpios andam por toda parte, quando os mais vis dos filhos dos homens são exaltados.





E o que eu mais tenho lido, achei por acaso outro dia e se tornou quase uma oração!



Salmos 4 [Salmo de Davi para o músico-mor, sobre Neginote] Ouve-me quando eu clamo, ó Deus da minha justiça, na angústia me deste largueza; tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.






Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira? (Selá.)




Sabei, pois, que o SENHOR separou para si aquele que é piedoso; o SENHOR ouvirá quando eu clamar a ele.




Perturbai-vos e não pequeis; falai com o vosso coração sobre a vossa cama, e calai-vos. (Selá.)




Oferecei sacrifícios de justiça, e confiai no SENHOR.




Muitos dizem: Quem nos mostrará o bem? SENHOR, exalta sobre nós a luz do teu rosto.




Puseste alegria no meu coração, mais do que no tempo em que se lhes multiplicaram o trigo e o vinho.




Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, SENHOR, me fazes habitar em segurança.

dez_interessantes

About Author