quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Uma corda cheia de nós..


Será que posso dizer?
Rompi as barreiras e não existe permissividade, não há verdade a ser dita, não existe o porquê de uma verdade.
O ódio está mais próximo do que se imagina, está do seu lado e por todos os lugares, te segue e te espreita é indestrutível. E você não pode fazer nada, criada para atrapalhar... Você quer ter algo seu, mas tudo que você conhece é de outros. Você tem um coração inútil que se aprisionou a um ser que nunca te notou e nunca te notará.
São tantas as coisas a dizer ao mundo, mas o mundo te vê ridícula, suas palavras não valem nada, nem abra sua boca.
Milhões de pessoas e você estão consigo mesma, a melhor e pior companhia. Não tens em seus braços o cheiro tão desejado e tão agradável, não tens a formosura em seu rosto, não possuis o toque suave e acalentador. Combinação danosa é o que és, nem sequer agradável ao trato consegues ser.
Um animal também tem sentimentos... Um animal tem sentimentos? Tu tens, mas és arisca, e suspeita de aproximações.
És uma corda cheia de nós, remendos, que de nada serve, talvez apenas como passatempo a quem confecciona os nós, algo que era pra ligar pra unir, para dar firmeza, está cheia de imperfeições e dobras, que impossibilitam o uso.
Até mesmo suas idéias são como uma corda cheia de nós, onde não existe seqüência, um nó sucede o outro sem freqüência de repetições, sem ordem...
Vai um dia estar velha, gasta talvez, e impossível, de tantos nós que terás, não serás mais tão comum, mas deveras de tão incomum nada será. Desconhecida, e amarrada a si mesma sem opções, sem significado algum, lamentavelmente algo sem vida e sem utilidade.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

[todos] Feliz Natal!

[off] Natal... Feliz, nascer um espírito natalino, uma promessa.... O que é um presente no Natal, o que é a ceia??
Vamos ser felizes então...

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Desabafos...

É pra isso q serve esse blog...

Estou me mostrando profundamente infantil, criar um blog e ficar escrevendo coisas que ninguém quer saber ninguém sabe quem sou, nem faz questão. A pessoa que devia ler meus “desabafos”, nem sequer sabe que tenho motivos para desabafar, ele nunca deu motivos...
Mas a verdade é que nunca pude me sentir tão mal...
A vida castiga da pior forma, e quando a gente acha que não poderia ficar pior, ela se encarrega de te mostrar que você é uma criança tola, que nada sabe dos mistérios que a envolvem.
Eu tenho mil razões pra sorrir, e umas pouquíssimas pra chorar... E a mistura de ambas se chocam aqui dentro e me sufocam....Eu tenho um sorriso no rosto e uma alma que chora desesperadamente, eu posso ouvir meus gritos bem aqui dentro.
Eu me agarrei a uma ilusão, e mais outra, e mais outra... e assim incessantemente fui me iludindo...Tenho uma montanha de ilusões e lá em cima estou eu... A montanha se balança com o temporal, e eu estou prestes a cair. Talvez eu morra enfim, ou me machuque, fazendo com que sofra mais ainda, e a espera pela melhora será a base da minha nova montanha, e mais ilusões.
O mundo exige muito, quer provas, quer detalhes, quer os restos do que sobrar de você, a vida te humilha todos os dias, mas se sinta feliz ela te eleva também, mas saiba, pra te exaltar, rebaixou alguém, ou muitos.
Somos todos humanos, e somos mais que qualquer coisa carnais... Ahhhh! Prazeres, delícias. Carpe Diem!... Você vai pagar um dia, razão, nunca usas a razão... Emoção não é amor, é desejo, o obedeça e verás.
Um dia caio enfim de minha montanha, e alguém suficientemente humano talvez me ajude a, com os destroços, me reerguer, não com ilusões, mas com certezas... A vida encantada é doce, mas é falsa. Nesse estágio já não me preocuparei com exaltações, vou apenas resignar-me, a uma vida calma.

dez_interessantes

About Author